ESTERILIZAÇÃO POR RADIAÇÃO


Realizamos a esterilização e redução de carga microbiana com a aplicação radiação por raios gama

Aplicação em produtos:

 Materiais odontológicos e hospitalares

 Embalagens

 Frutas e alimentação humana

 Produtos animais

 Pedras preciosas (brilho e coloração)

 Ensaio de envelhecimento de materiais 

 Ensaio de alteração de cor de materiais

 Outros serviços específicos


Serviços oferecidos


1ª Etapa

Projeto executivo 

 Testes para determinar as doses de radiação para a esterilização bacteriana

 Equipe composta por 9 profissionais: 5 físicos na área de física nuclear, 1 arquiteto, 1 engenheiro mecânico, 1 engenheiro eletricista e 1 engenheiro civil para montagem do projeto


2ª Etapa

Implantação 

 Obtenção das licenças junto aos órgãos públicos

 Construção do compartimento de radiação dentro da empresa ou externo à empresa

 Determinação da logística dos materiais a serem radiados

 Apoio técnico para operação do sistema

 Consultoria e acompanhamento do compartimento de radiação

 Consultoria para a importação dos equipamentos nucleares


3ª Etapa

Monitoramento

 Monitoramento do sistema

 Treinamento de pessoal para operação

 Treinamento para proteção radiológica

 

Como funciona a esterilização por radiação 


Sua ação esterilizante se processa através da alteração da composição molecular das células, as quais sofrem perda ou adição de cargas elétricas (Ionização), ficando carregadas negativamente ou positivamente. A esterilização por irradiação é obtida através dos Raios Gama Cobalto à 60°C. É um método eficaz e oferece como vantagens ser altamente penetrante, atravessando o invólucro dos materiais embalados em não tecido ou papel grau cirúrgico e não danifica o material submetido ao processo, por ser frio. A principal interação da radiação na matéria, tem dois efeitos: os efeitos primários e secundários. Os efeitos primários são a quebra das cadeias de ADN dos microrganismos. Os secundários são a cisão de moléculas de água (radiólise), uma consequência dos efeitos primários. Ao se quebrar o ADN dos microrganismos, eles são destruídos e o produto fica esterilizado.


 

voltar
 
Social EB Engenharia no facebook
© 2018 . EB Engenharia